sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Olá :)

Apesar de o gosto pela moda ter estado sempre na minha família, desde que tenho memória, e de a moda sempre me ter fascinado por ser tão dinâmica, tão variável, acabei por me formar em Ciências da Educação, uma área que nada tem a ver com a moda, mas que também gosto muito.

Por vezes há um certo preconceito “imposto” por algumas pessoas que costumam associar o crescente interesse pela moda a uma futilidade da contemporaneidade. Será efetivamente assim? 
Quanto mais procuro entender a moda, chego à conclusão que não! Pensemos que a roupa como expressão estética e como extensão de nós mesmos é transversal à nossa História, chegando mesmo a ser ancestral. 

Como afirmava a especialista catalã em História da Moda Charo Mora: “A diferencia de la mayoría de especies del planeta, no tenemos adornos naturales, ni escamas, ni plumas, ni una piel con motivos estéticos… Somos los menos dotados. Quizá por ello hemos hecho de la necesidad de protección un sistema estético muy sofisticado.
 A moda, materializada na roupa, é pois uma extensão do que fomos e do que somos. E, à semelhança dos nossos antepassados que sentiram a necessidade de fazer da roupa uma extensão estética do corpo, pessoas como eu que, num momento dado da sua vida, sofreram algum tipo de acidente e que, mesmo que temporariamente, virão o seu corpo deformado, a roupa, esse indispensável meio de proteção, teve um papel importantíssimo em compensar essa rejeição inicial do corpo cicatrizado com a sua imensa riqueza em formas, texturas e cores... 

E graças ao facto de estar cada vez mais ciente da importância da moda manifestada através da roupa e de ter assumido o seu valor como segunda pele, resolvi criar este blogue para falar com prazer de tudo o que me apaixone sobre moda, sem pretensões académicas ou ‘profissionalistas’, mas sim como uma expressão bem pessoal e livre de preconceitos do prazer que tenho de fazer parte desse “sistema estético muito sofisticado”!

8 comentários:

  1. Palavras que expressam sentimento, estilo e elegância.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá. Obrigada pelas suas palavras.
      Beijinhos :)***

      Eliminar
  2. Verdade Carla, a moda expressa nossa maneira de ser e nosso interior.
    Belo comentário, lindo blog.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá,
      Obrigada ainda bem que gostaste do blog, fico muito contente.
      Ainda estou a começar e tenho muito a aprender! ;)
      Beijinhos :) ***

      Eliminar
  3. Vista-se mal e notarão o vestido
    Vista-se bem e notarão a mulher

    Jeito de vestir
    Coco Chanel

    ResponderEliminar
  4. Eu gosto muito do seu blog!muitos exitos Carla.

    ResponderEliminar